8 atitudes mais saudáveis no trabalho

Qualidade de vida é fundamental para qualquer atividade que nos dispomos a desempenhar. Preparamos sete dicas que te ajudarão a entender a importância de cuidar do corpo e da mente para ter um ambiente de trabalho mais saudável. Aproveite:

1 – O pouco que é muito – Estar ativo trás benefícios significativos, como atenuar as ameaças para doenças (Bouchard, C. 2004). Aumentar o gasto calórico diário vai te ajudar na perda de peso, além de aumentar a disposição e melhorar a produtividade.

2 – Cardápio saudável – Não pule nenhuma refeição. Priorize um cardápio leve e não fique muito tempo sem comer (a janela das três horas é um bom referencial). Se você visualiza um dia difícil, faça um almoço mais rápido – não é o ideal – nem que seja uma salada. O importante é evitar a fraqueza, indisposição e sonolência, sintomas de fome oculta, uma síndrome cada vez mais comum no dia a dia e mais ainda no mundo corporativo.

3 – Pausa para respirar – Segundo um estudo da International Stress Management Association (ISMA), nove em cada dez brasileiros no mercado de trabalho apresentam sintomas de ansiedade. Especialistas recomendam puxar o ar profundamente pelo nariz nos momentos de pressão, inflando a barriga como se fosse um balão e ir soltando o ar lentamente.  A técnica aumenta o fluxo sanguíneo na área do cérebro associada ao controle emocional. Outro caminho que dá resultados duradouros é aumentar a sensação de gratificação e reconhecimento com trabalhos voluntários ou um hobby.

4 – Tempo sob controle – Não estabelecer limites, ficar disponível para o trabalho inclusive durante o fim de semana e exigir o mesmo dos seus subordinados não são práticas saudáveis. Atitudes como estas podem aumentar a ansiedade e as chances de desenvolver doenças.

5 – Sono em dia – Reduzir o descanso para suprir as demandas de trabalho é um perigo. As noites mal dormidas diminuem a concentração e dificultam as tomadas de decisões, obrigando a um ritmo ainda mais intenso de trabalho. Para escapar desse ciclo, evite comidas pesadas e bebidas alcoólicas ou estimulantes algumas horas antes de ir para a cama. E aprenda a se desconectar dos eletrônicos. Lembre-se também que o exercício físico melhora a qualidade do sono (Stanford, 2011).

6 – Cérebro potente – Nosso cérebro possuí conexões neurais que são potencializadas com a  frequência do exercício físico no corpo humano, desencadeando aumento da concentração do praticante (ULM, 2009). Então, aumente os treinos e atinja melhores resultados.

7 – Cultivar laços sociais positivos – Não é segredo para ninguém que manter relacionamentos saudáveis e próximos nos traz benefícios para todas as áreas da vida. Ter uma rede de suporte ativa, desde relacionamentos amorosos até amizades, família, colegas de trabalho, entre outros, é fundamental para nos sentirmos bem.Se sentir parte de um grupo e da sociedade como um todo nos faz agir com propósito e gera a energia necessária para começarmos todo dia novamente. Procure destinar um tempo de lazer para estar com as pessoas que você ama e compartilhar bons momentos com ela, mesmo em meio à correria. O tempo que você perderia quebrando a cabeça por algum problema do trabalho pode ser reduzido com o bem-estar gerado por hábitos como esse

8 – Corpo Saudável – Em uma avaliação feita pelo Hospital Albert Einstein em 2011, 7.000 executivos apresentaram resultados preocupantes: 43% estavam com sobrepeso e 55,3% com a circunferência abdominal aumentada. Estes indícios, cada vez mais rotineiros, sinalizam risco de síndrome metabólica que engloba doenças como diabetes, colesterol alto e hipertensão. Coincidentemente, essas doenças que estão diretamente relacionadas ao sedentarismo.

Faça com que seu corpo funcione melhor, assim, além da disposição para as tarefas do dia a dia, a sua mente ficará muito mais focada.

Time Upper Run

Gostou do Conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

© 2020 Grupo Upper Life - Bem-Estar Corporativo. Todos os Direitos Reservados.