Doutora, me faz uma dieta para perder uns três quilos e depois poder comer normal?

Não consigo mais contar quantas vezes escutei essa pergunta em consultas no consultório. E vou tentar explicar o porquê essa pergunta pode ser tão prejudicial a alguém que procura perder um pouco de peso, seja por motivos de saúde ou estéticos.

Primeiramente, convido você a repensar o que é “comer normal”. Comer normal é um conjunto de escolhas e preferências individuais… O que é “normal” para uma pessoa, provavelmente, pode não ser para outra. E vamos analisar o que esse “comer normal” fez com o seu organismo. Provocou aumento de peso? Hipercolesterolemia? Culpa? Se sim, sinto dizer, mas fazer uma dieta, perder peso e voltar a comer como “antes” não lhe trará benefícios.

Quando uma pessoa procura um profissional da Nutrição, ela precisa estar aberta para escutar que seu alimento e suas refeições precisarão ser ressignificados. Isso é necessário para que ela saia da eterna briga com a balança – ou com seu médico – e para que adquira novos hábitos mais saudáveis. A saúde é um conjunto de elementos, em diversas áreas de vida, que levam ao bem-estar e a uma situação de prevenção de doenças, que inclui hábitos saudáveis em sua alimentação.

Ellyn Satter, famosa nutricionista, escritora, terapeuta, define “comer normal”:

– Pensar sobre o que você quer comer e fazer escolhas nutritivas, sem ser tão restritivo (a) a ponto de não comer o que você gosta;

– Variar sua alimentação de acordo com a sua fome, agenda, comida e suas emoções;

– Dedicar uma parte do seu tempo e energia ao “comer”, porém manter sua alimentação como sendo uma das coisas que você faz na sua vida e não o principal momento do dia;

Essa ressignificação é um processo e deve ser feito de maneira prazerosa e seguindo o ritmo individual de cada um. Vamos tentar?

Gostou do Conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

© 2019 Grupo Upper Life - Bem-Estar Corporativo. Todos os Direitos Reservados.