Performance

Talvez a palavra mais ouvida no dia-a-dia do ramo corporativo seja performance, cuja definição está atrelada ao desempenho e, independente de qual seja o seu emprego, a tendência é associarmos performance à eficiência.

E é isso que as empresas buscam hoje em dia, aumentar o índice de produtividade, sem perder a eficiência, daí, a importância que o mundo corporativo dá à alta performance do time.

O grande erro, porém, pode estar na maneira que atribuímos esses termos: produtividade está relacionado ao tempo empregado para que algo seja realizado, quase sempre está ligado às pessoas, enquanto o termo eficiência, se refere aos recursos utilizados para que se realize algo. Desta forma, alta performance, não está necessariamente relacionada à eficiência e, sim, à produtividade de um time.

Mas, afinal, como aumentar a performance do seu time, sem aumentar o número de afastamentos? Uma vez que estudos recentes mostram que, no mundo atual, transtornos emocionais e comportamentais estão entre as principais causas de afastamento do trabalho (Ribeiro, 2019). O aumento da cobrança e da pressão para atingir as metas, geram tensão e desconforto tanto para o colaborador, quanto para os líderes.

Uma das saídas é investir em Wellness, termo relacionado ao bem-estar geral. Percebeu-se, nos últimos anos, que o “cuidar dos seus” gerou uma esfera de alívio no ambiente de trabalho, capaz de gerar felicidade e harmonia e foi possível perceber também que, nesse cenário, a performance de uma equipe, tende a atingir números sem precedentes.

Raphael Galhardo.

Gostou do Conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

© 2019 Grupo Upper Life - Bem-Estar Corporativo. Todos os Direitos Reservados.